O que é Dropshipping? Você já ouviu falar nele?

Nos últimos meses surgiu, no mercado brasileiro, o dropshipping mais uma sopa de letrinhas no mundo digital. Empresas e pessoas surgem em anúncios online para falar das vantagens que conseguiram com o dropshipping.

Como atuamos na área digital, entendemos que é nossa responsabilidade explicar o que é e como as empresas sérias realizam essas vendas.

Dropshipping é um termo inglês que veio da área de logística. Trata-se de uma técnica comercial na qual o revendedor não mantém  produtos em estoque, ele oferta e comercializa produtos que estão no estoque de um fornecedor.

Ou seja, a loja – que pode ser um E-commerce ou Marketplace – vende produtos de fornecedores selecionados, que cuidarão do armazenamento e da entrega.

A cadeia de compra é a seguinte: assim que o cliente completa o pedido de compra em um loja, o revendedor solicita e paga ao fornecedor por aquele produto específico. Já este efetuará todo o processo de embalagem e envio diretamente ao cliente. 

Sem custos fixos como produção, estocagem e logística, o lucro do revendedor se dá pela intermediação, uma vez que o cliente paga o valor de varejo e o responsável pelo dropshipping compra o produto no atacado.

O famoso sistema dropshipping da Amazon

Um caso muito famoso – que tem sido utilizado por diversas pessoas, muitas vezes de forma incorreta – é a Amazon. Sendo uma das maiores empresas do mundo que atuam na área logística, a Amazon criou uma estratégia global para atuar neste segmento, com o qual teve muito sucesso.

Mas lembramos que atuar com dropshipping requer muita pesquisa e muito cuidado, uma vez que a sua operação está diretamente ligada à capacidade do seu fornecedor produzir, armazenar e entregar o produto.

Do outro lado da internet, também o consumidor deve ficar atento para que não tenha problemas com empresas que prometem a entrega de produtos e acabam por não concretizar esta venda, devido a um sistema ou gerenciamento ruim da loja virtual. É importante buscar referências sobre a loja de quem já tenha adquirido produtos ali. Sistemas com notas, estrelas e comentários costumam apontar a qualidade do revendedor.

No mundo digital devemos ter certeza de atuar com bons parceiros e saber que estamos sempre respaldados pelo Direito do Consumidor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *